Terça, 25 Fevereiro 2020

NERBA - Associação Empresarial - TRADEIT - Agenda Estratégica para a Investigação e Inovação

Agenda Estratégica para a Investigação e Inovação

TRADEITNo seguimento do Projeto TRADEIT, projeto FP7 do 7º Programa Quadro I&DT financiado pela Comissão Europeia, no qual se pretende promover e dar suporte à criação de uma rede formada por pequenas e médias empresas (PMEs) Europeias direcionadas para a produção de alimentos tradicionais dos setores da panificação, laticínios e carnes, diversas atividades, tais como workshops e reuniões temáticas, têm sido realizadas com a colaboração do NERBA.

A EFFoST - European Federation of Food Science & Technology é também um dos parceiros do Projeto TRADEIT e ao longo destes dois últimos anos pretendeu conhecer as principais necessidades e/ou problemas que as PME dos setores da panificação, carne e laticínios têm enfrentado ao nível da investigação e inovação, informação a incluir na Agenda Estratégica para a Investigação e Inovação (SRIA – Strategic Research and Innovation Agenda), documento a apresentar à Comissão Europeia, para que esta estabeleça, no futuro, linhas ou diretrizes de atividades de inovação no âmbito do Programa Horizonte 2020. Diversas entidades nacionais e associações empresariais, incluindo o NERBA, foram também auscultadas, cuja participação foi muito positiva.

Neste momento a SRIA encontra-se sob consulta pública. O documento da Agenda Estratégica para a Investigação e Inovação pode ser solicitado a partir do Website do projeto TRADEIT (http://www.tradeitnetwork.eu/sria). Até 11 fevereiro de 2016, as PMEs Portuguesas estão convidadas a entrar em contacto com o professor Brian McKenna, (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.), apresentando os seus contributos para a melhoria da proposta elaborada e garantir que o documento a submeter à Comissão Europeia represente com precisão as necessidades das PMEs. É uma oportunidade única para que estas assumam o controlo da sua própria agenda de apoio à investigação e desenvolvimento, e possam influenciar o financiamento futuro.

Após a consulta aberta, o feedback recebido até 11 de fevereiro de 2016 será incorporado numa lista de prioridades relativas às necessidades de investimento a apresentar à Comissão Europeia. Serão incluídos objetivos de investigação e inovação, projetos específicos de investigação, ações de mobilidade, atividades de melhoria das infraestruturas, obtenção de recursos, bem como a identificação de potenciais projetos de investigação e inovação de colaboração conjunta. Assim, solicita-se às PMEs que contribuam com sugestões para se obter um documento final que vá de encontro às suas necessidades.

uniao europeiaEste projeto recebeu financiamento do Sétimo Programa-Quadro da União Europeia para a investigação, desenvolvimento tecnológico e demonstração ao abrigo do contrato de concessão n° 613776.

Siga-nos