Sexta, 24 Novembro 2017

NERBA - Associação Empresarial - História

NERBA 25 Anos

 


Na sequência da dinamização do associativismo regional, implementado pela Associação Industrial Portuguesa, surge, em 31 de Janeiro de 1985 o Nerba-Núcleo Empresarial do Distrito de Bragança, com o objectivo último de dinamizar e apoiar a actividade Associativa na Região, bem como contribuir para um harmonioso desenvolvimento regional.

Posteriormente, em 1989, o Nerba-AE, constitui-se como Associação Empresarial, assumindo a sua completa autonomização a partir de Janeiro de 1990, sendo reconhecido em 7 de Outubro de 1991, Pessoa Colectiva de Utilidade Pública, por Despacho do Sr. Primeiro-Ministro.

A culminar este verdadeiro processo de autonomização e consolidação na região surge a criação de uma infra-estrutura de apoio à actividade produtiva e ao associativismo - o Centro Empresarial do Distrito de Bragança - CEB, onde para além das instalações inerentes aos serviços de Associação, funcionam 10 salas polivalentes, um Auditório e um Pavilhão de Feiras e Exposições. Inaugurado a 30 de Julho de 1993, o CEB constituiu o grande passo, para um exercício que se exige cada vez mais interveniente nas mais diversas áreas de actuação; quer ao nível do apoio a prestar aos seus associados, quer na tentativa constante de contribuir, por todas as formas, para um cada vez mais completo e sedimentado processo de desenvolvimento no Distrito de Bragança.

Princípios de Intervenção

A fim de prosseguir os seus objetivos propõe-se o NERBA-AE, designadamente:

  • Promover o estudo de todas as questões que se relacionem com os seus objetivos;
  • Valorizar e reforçar por todas as formas possíveis o entendimento e a cooperação entre as atividades associativa, académica e científica de âmbito regional, nacional e internacional, promovendo acordos e estabelecendo plataformas e redes colaborativas indutoras de sinergias e de ganhos de eficiência transversais a toda a sociedade;
  • Dinamizar a atividade associativa da região e incrementar o espírito de solidariedade e de apoio entre os seus associados;
  • Organizar e manter serviços de interesse para os seus associados prestando adequada informação, apoio técnico e de consultadoria, designadamente na área de formação;
  • Organizar certames, conferências, colóquios, cursos ou quaisquer outras manifestações que contribuam para a realização dos seus objetivos;
  • Cooperar ativamente com entidades, públicas e privadas, nacionais e internacionais, em tudo o que contribua para o harmónico desenvolvimento regional;
  • Filiar-se em associações, confederações e organismos congéneres nacionais e estrangeiros de acordo com as necessidades de realização dos seus objetivos;
  • Contribuir, na medida das suas possibilidades, para o progresso tecnológico e científico e para a inovação das organizações regionais, nomeadamente, através da difusão de conhecimento, da qualificação e da disseminação de boas práticas;
  • Fomentar e estimular a competitividade, a modernização, a livre concorrência e a internacionalização das empresas associadas;
  • Defender os interesses legítimos dos associados nos domínios da política económica, financeira, fiscal e social, tendo em face do Estado e da Administração Pública, como perante a opinião pública, afirmando a importância da sua atividade no desenvolvimento cultural, social e económico da comunidade.
Atividade Principal - Associativismo Empresarial

Outras Atividades

1. Associativismo e Apoio Empresarial (Empreendedorismo, Cooperação e Internacionalização)

O Departamento do Associativismo e de Empreendedorismo agrega dois vetores da sua atividade – o Apoio Empresarial e o Associativismo. A principal missão consiste em apoiar os empresários e outros agentes económicos interessados em investir na região, enquadrando as suas intenções de investimento nos sistemas de apoio e incentivos existentes e elaborando os respetivos projetos de investimento.

A nível da cooperação, são desenvolvidos vários contactos com entidades atuantes em áreas semelhantes, com vista a uma adequação e articulação de atividades conjuntas a levar a cabo, em cooperação, nas respetivas regiões.

Serviços:

  • Consulta jurídica
  • Serviço de economia (Candidaturas de investimento, elaboração de Plano de negócios, apoio na internacionalização, dinamização de parcerias)
  • Organização de Eventos
  • Cartão Associado
  • Espaço Associado
  • Venda de livros de reclamações e dísticos
  • Apoio técnico à criação e consolidação de projetos (Programa do IEFP PAECPE)

2. Feiras e Exposições

Esta actividade teve início em 1993, com a inauguração do CEB – Centro Empresarial do Distrito de Bragança, com o objectivo de proporcionar aos fabricantes, produtores e outras entidades regionais, nacionais e estrangeiras a oportunidade de promoverem o intercâmbio tecnológico e promover a concretização de trocas comerciais.

3. Informação e Comunicação

O NERBA-AE criou um sistema de informação sustentado nas tecnologias de informação, destinada à comunidade empresarial através do sítio Web e da Newsletter, esta de publicação semanal.

A Newsletter está organizada de forma a apresentar as atividades realizadas e em preparação; mensalmente, está destinada a oferecer informação empresarial e de cariz fiscal. É remetido aos sócios, diariamente, um resumo noticioso. Presta serviços na área das TIC: consultoria a nível informático, realiza projectos internet nas mais diversas linguagens de programação, abrangendo assim diversos aspectos da Internet. Presta serviços na área de Redes e Comunicações. Configuração da rede Interna de uma empresa. Estudo da melhor solução de comunicação dentro de uma organização. Ligações Internet.

Serviços:

  • Portal Web
  • Newsletter semanal
  • Criação de endereços web personalizados
  • Criação de página web institucional
  • Resumos noticiosos
  • Resumos de legislação

4. Qualificação de Recursos Humanos (Formação profissional, Apoio à integração profissional de pessoas desempregadas, Centro para a qualificação e ensino profissional, Formação Ação destinadas a PME)

O NERBA-AE desde 1987, em resposta às necessidades detetadas na região, tem promovido o lançamento de iniciativas centradas em torno de grandes áreas estratégicas da formação profissional. A oferta de formação profissional, para diferentes públicos-alvo, é transversal à atuação das diferentes áreas de funcionais da associação empresarial.

Serviços:

  • CQEP - Centro de Qualificação e Ensino Profissional, promove a aprendizagem ao longo da vida e aumentar a escolaridade da população ativa, até ao ensino secundário
  • Formação ação (formação e consultoria e/ou formação personalizada)
  • Formação de atualização e aperfeiçoamento
  • Formação/educação
  • Apoio na Organização de candidaturas às medidas de contratação de desempregados do IEFP, IP
  • Workshops
  • Coaching Empresarial para executivos
  • Coaching Empresarial para equipas de trabalho
  • Coaching para implementar processos de desenvolvimento de produtos/serviços
  • Curso prático para a criação de um negócio
  • Curso prático de negócios
  • Protocolo com OCC (Ordem dos Contabilistas Certificados)

Siga-nos